Dr. Pet dá dicas sobre os brinquedos mais seguros para cachorro

7th Janeiro 2016   ·   0 Comentários

O adestrador também faz uma lista do que não deve ser dado para o animal brincar

Alexandre Rossi%2C o Dr. Pet

Alexandre Rossi%2C o Dr. Pet

Foto: Reprodução

Conhecido como Dr. Pet, o adestrador Alexandre Rossi explica que quase nada que se dá ao cão para brincar é 100% seguro. O nível de perigo de um objeto varia de cachorro para cachorro, dependendo da maneira como o animal brinca com ele.

Alguns ganham um ursinho de pelúcia e nem se quer o rasgam, por exemplo. Já outros o destroem, tiram a espuma e fazem a maior bagunça.

Vale lembrar que quando o dono sai de perto, o cachorro pode ter um comportamento diferente ;devido à ansiedade da separação e pode passar a ser mais agressivo e destruir o brinquedo.

Por isso é preciso saber o que deve dar para seu animal brincar. Mas não adianta restringi-lo de tudo. “Não deixar o animal interagir com um brinquedo ;não é uma opção boa. A falta de brincar e de morder pode desenvolver comportamentos compulsivos no animal, como a automutilação, o que é muito difícil tratar.”, explica o Alexandre Rossi.

Veja algumas dicas do Dr. Pet sobre os brinquedos mais seguros e os que jamais devem ser dados ao cachorro:

NUNCA DÊ AO CACHORRO:

1. Osso de galinha ou qualquer tipo de osso e objeto que possa se quebrar na forma pontiaguda. Se ele engolir alguma parte, o objeto pode perfurar seus órgãos.

2. Bolas pequenas e escorregadias proporcionam maior risco de engasgo. Prefira bolas de tênis, por exemplo. O tamanho deve ser medido pela boca do animal: quando ele estiver com a bola, deve estar sempre com a boca obviamente aberta.

3. Objetos que soltam linhas compridas. Ao serem engolidas, as linhas podem obstruir o intestino. Um exemplo é bichinho de pelúcia, que além das linhas, solta espuma que pode causar problemas gástricos.

BRINQUEDOS MAIS SEGUROS:

1. Kong

O brinquedo Kong é considerado um dos mais seguros pelo Dr. Pet

O brinquedo Kong é considerado um dos mais seguros pelo Dr. Pet

Foto: Reprodução

É um brinquedo feito para colocar ração do animal dentro para que ele tente pegá-la. Além disso, a resistência da borracha é dividida por cores. Se o seu cachorro destrói as coisas facilmente, a recomendada para é adquirir o Kong preto.

Uma dica: compre sempre um tamanho maior do que o indicado pelo fabricante.

“Os dois furos nas extremidades têm a função de permitir que o animal consiga respirar depois de engolir o brinquedo, caso tenha sido dado o tamanho errado a ele”, explica.

2. Brinquedos de náilon duro

Brinquedos de náilon duro também são recomendados

Brinquedos de náilon duro também são recomendados

Foto: Reprodução

O animal vai mordendo e esse tipo de objeto, que vai se desfazendo em pequenos pedaços e não há problema em engoli-los. Quando o brinquedo for se despedaçando, é hora de jogá-lo fora. Os objetos de naílon têm um bom tempo de duração.

Atenção em caso de esgasgo:

Se caso seu cachorro engasgue mesmo com todos esses cuidados, tente retirar o objeto com as mãos e nunca use um objeto cortante para ajudar. Não force o vômito porque o objeto pode fazer o caminho de volta e machucar mais ainda o esôfago. Procure um veterinário imediatamente.

LEIA TAMBÉM:

Readers Comments (0)