Confira 5 mitos sobre decoração em que não se deve acreditar

9th junho 2017   ·   0 Comentários

Ao contrário do que muitos pensam, estampas, cores fortes e escuras podem sim ser muito bem-vindas; confira outros mitos a respeito de decoração

Quem nunca se viu com medo de ousar na hora de mudar a cor de um cômodo ou redecorá-lo? Quando se fala em decoração, há algumas ideias pré-definidas do que se deve ou não fazer, mas algumas delas não passam de mito.

Quando se fala em decoração, há muitos mitos a respeito do que não se deve fazer

Quando se fala em decoração, há muitos mitos a respeito do que não se deve fazer

Foto: Reprodução/Pinterest

Vai redecorar a casa e teme que suas ideias sejam ousadas demais? Confira alguns mitos sobre decoração nos quais muita gente acredita, mas que precisam ser desconstruídos:

Cores vibrantes são cansativas

Muitos acham que pintar um cômodo com tons vibrantes vai fazer com que, em algum momento, seja cansativo estar nele. De acordo com a marca de tintas Suvinil, cores vibrantes são, na realidade, muito bem-vindas para compor um ambiente. Cores vivas trazem a sensação de alegria e euforia, proporcionando bem-estar e tornando o cômodo propício à integração entre as pessoas que vivem ali.

Cores fortes tornam o ambiente alegre, tornando o cômodo propício à integração entre as pessoas

Cores fortes tornam o ambiente alegre, tornando o cômodo propício à integração entre as pessoas

Foto: Reprodução/Pinterest

Para quem prefere não ousar demais na hora de dar um novo tom para um ambiente, a dica é aplicar a cor escolhida em apenas uma parede e combiná-la com superfícies e objetos de tons mais neutros.

Para quem não quer ousar muito, basta usar as cores fortes em detalhes, com um móvel ou acessório

Para quem não quer ousar muito, basta usar as cores fortes em detalhes, com um móvel ou acessório

Foto: Reprodução/Pinterest

Outra opção para quem gosta de cores bem vivas e não quer espalhá-las pelas paredes é escolher móveis ou objetos, como cadeiras, bancos, mesas, etc.

A cor “muda” quando é aplicada na parede

Ao contrário do que muitos pensam, a cor, quando aplicada em um ambiente, não muda; o que faz com que essa ilusão aconteça é a luminosidade do ambiente. Para que não haja surpresas, é importante testar a cor escolhida no ambiente onde ela será aplicada durante três momentos do dia: pela manhã, à tarde e à noite.

Cores que “diminuem” ambientes não devem ser usadas

Apesar de não alterarem o tamanho de um cômodo, algumas cores podem interferir na percepção que as pessoas têm das dimensões dele, mas isso não é necessariamente algo ruim.

Cores escuras trazem a ilusão de que o ambiente é menor ou mais baixo, mas isso não é necessariamente ruim

Cores escuras trazem a ilusão de que o ambiente é menor ou mais baixo, mas isso não é necessariamente ruim

Foto: Reprodução/Pinterest

Pintar o teto de um ambiente com um tom mais escuros que os utilizados nas paredes dão a impressão de que ele é mais baixo, mas, no caso de um cômodo com o pé direito muito alto, é uma ótima técnica. Fazer os ambientes parecerem menores é uma boa dica para quem busca dar um ar aconchegante a eles.

Não se deve usar estampas coloridas

Ter paredes coloridas e estofados estampados ou papeis de parede ao mesmo tempo não é uma boa ideia, certo? Errado. Estampas trazem um ar de originalidade aos ambientes, já que, normalmente, são alegres e bastante únicas.

Ao contrário do que se pensa, a combinação de estampa com cores fortes é muito bem-vinda

Ao contrário do que se pensa, a combinação de estampa com cores fortes é muito bem-vinda

Foto: Reprodução/Pinterest

Um ambiente que tem cores fortes e neutras, como vermelhos terrosos, combinados com tons de bege, podem receber elementos estampados (tapetes, cortinas, sofás, etc.). Na hora de fazer a decoração, combinar tons mais neutros – como rosas claros e beges – com almofadas de tons mais vibrantes também funciona e traz um ar de sofisticação e equilíbrio ao ambiente.

LEIA TAMBÉM:

Readers Comments (0)