‘Falta de concentração é um problema?’ Aposte nestes 10 alimentos

26th junho 2017   ·   0 Comentários

Se você tem problema em se concentrar ou manter o foco, saiba a solução pode estar logo ali, na geladeira ou no armário da cozinha

Trabalho, estudos, família, tudo isso junto e misturado na correria do dia a dia. Com tanta coisa, pode ser difícil conseguir manter o foco. Mas a solução para a falta de concentração pode estar a poucos passos, em alimentos que você deve ter na geladeira ou guardados no armário – ou encontra no supermercado mais próximo.

Com tantos estímulos e tarefas no dia a dia%2C a falta de concentração é um problema recorrente

Com tantos estímulos e tarefas no dia a dia, a falta de concentração é um problema recorrente

Foto: shutterstock

A nutricionista Aline Quissak, especialista nas áreas de Oncologia, Síndrome Metabólica, Psicologia da Nutrição e Nutrição Esportiva, preparou uma lista com 10 alimentos que podem ajudar na falta de concentração e foco. Veja os detalhes e um bônus: uma receita saborosa para turbinar seu lanche da tarde.

1. Ovo

Esse alimento tem momentos que é visto como o vilão e outros, como o mocinho. Aqui, segundo Aline, é um aliado. “Devido ao alto teor de proteínas de alta qualidade nutricional e de vitamina B5 e uma gordura do bem, ele promove concentração por aumentar a comunicação entre os neurônios, melhorando o foco e diminuindo o déficit de atenção”, detalha a nutricionista.

O modo de preparo para aproveitar esse nutrientes é a seu gosto. “Pode utilizar como ovo mexido, omelete ou ovo cozido”, fala Aline. Ela indica também o consumo de ovo de codorna.

2. Abacate

A fruta é rica em beta glucanas, um nutriente especial para formar hormônio anti-ansiedade no intestino. Também contém as gorduras do bem, que participam na formação de compostos químicos de comunicação entre os neurônios.

Pode ser consumido in natura ou usado em receitas, como saladas.

3. Banana

Fácil e prática, a banana é uma alternativa para levar ao trabalho ou para a escola, auxiliando na concentração e na diminuição da ansiedade devido ao teor de substâncias como triptofano, vitamina B3, B 6, potássio e magnésio. Combina com vários momentos do dia.

4. Nozes

Rica em ômega 3 vegetal e lignanas, as nozes são essenciais para um neurônio e um cérebro saudáveis, segundo a nutricuionista. Essas oleaginosas auxiliam principalmente na memória.

5. Chocolate 70% cacau

O cacau possui cafeína e magnésio, itens que promovem energia. “Além disso, o cacau inibe a produção do hormônio do estresse, o cortisol, favorecendo o foco e a concentração, já que quem está estressado não consegue focar, não é mesmo?”, completa Aline.

6. Coco Seco

Rico em TCM, uma gordura do bem, ele melhora a comunicação entre neurônios e músculo. “Com isso, melhora a agilidade e a disposição, diminuindo dores musculares e tensão nervosa”, diz a especialista.

7. Cenoura

Sabia que mastigar ajuda a manter o cérebro desperto? Segundo Aline, é a mesma ideia de mascar chiclete para se manter acordado. Pensando nisso, a cenoura é uma ótima opção, já que é crocante. Para completar, a nutricionista lembra que esse legume possui betacaroteno e um tipo de fibra que desintoxifica o fígado, diminuindo o cansaço e a fadiga crônica.

Também é um alimento versátil. “Pode usar as baby carots ou picar a cenoura em tiras para usar como snacks nos lanchinhos intermediários durante o dia no trabalho”, sugere Aline.

8. Queijo Cottage ou Meia Cura

Rico em triptofano, cromo, proteínas de alta qualidade e vitamina D e E, esses queijos auxiliam na saúde dos neurônios, melhorando o foco e a concentração. “São baixos, quase nulos em carboidrato, evitando a sonolência durante o dia”, ressalta Aline.

Outra vantagem é que o cottage é um queijo magrinho, que cabe na dieta. Combina com pães e torradas.

9. Chá verde adicionado de romã

Devido ao teor de teacrina e cafeína, o chá verde, diferente do café, fornece energia sem deixar a pessoa dispersa e sem foco. Para incrementar, a dica de Aline é acrescentar romã, que pode ser em sachê, encontrado em supermercados. A teacrina auxilia na concentração e a romã tem ácido elágico que diminui o cansaço”, explica a nutricionista.

Reportagem do Delas ainda mostrou que o chá verde também atua no organismo de maneira diferente quando o assunto é se manter acordado. O café é conhecido por trazer uma sensação rápida de despertar, já a bebida de ervas tem um efeito mais lento, porém mais duradouro no organismo.

10. Salmão e camarão

Se estiver almoçando em restaurante ou fazendo uma refeição antes de uma reunião de trabalho ou uma prova de vestibular, a dica de Aline é optar por peixes e frutos do mar. “Ricos em ômega 3, proteínas de alto valor biológico, cálcio e zinco, esses alimentos diminuem o hormônio de irritabilidade e aumentam o hormônio de atenção e concentração”, detalha a especialista.

Receita para o lanche da tarde

A nutricionista ainda ensina uma receita que tem cara de lanche da tarde e vai ajudar a acabar com a falta de concentração. Ela contém ingredientes ricos em selênio, vitaminas do complexo B, magnésio e cromo, que ajudam a manter o foco. Além disso, é uma sugestão rica em fibras, que contribuem para um melhor funcionamento do intestino. Ainda é uma alternativa para aquela vontade de comer doces. A receita que estamos falando é a de cookies de cacau.

Cookie de cacau ajuda a manter a concentração e é uma ótima pedida para um lanche da tarde

Cookie de cacau ajuda a manter a concentração e é uma ótima pedida para um lanche da tarde

Foto: Divulgação

Para uma porção de oito cookies médios, você vai precisar de:

  • 2 bananas maduras amassadas
  • 1 xicara de manteiga de amendoim ou de amêndoas ou de coco
  • 1 colher de sopa de essência de baunilha
  • 1/4 de xícara de cacau em pó 100%
  • ¼ de xicara de chia hidratada em ¼ de xícara de água por 10 min
  • ¼ de xícara de açúcar mascavo, de coco ou melado de cana
  • 1 colher de café de bicarbonato de sódio
  • 60g de chocolate 70%

Modo de Preparo:

Junte a banana amassada com a manteiga vegetal (amendoim, amêndoa, coco) e adicione a baunilha e a chia. Misture bem. Finalize incorporando o cacau, o açúcar/melado de cana e o bicarbonato de sódio à massa. Dê uma última misturada até os ingredientes formarem uma massa consistente para moldar com uma colher.

Em uma forma untada, ou forrada com papel manteiga, coloque uma colher de sopa bem cheia da massa do cookie, mantendo cerca de dois dedos de distância entre um biscoito e outro. Pique grosseiramente o chocolate 70% e coloque os pedaços no centro do cookie ainda antes de levar ao forno – isso vai garantir que o chocolate fique com uma textura cremosa. Asse em forno pré-aquecido à 180 graus por 12 minutos e deixe esfriar para finalizar o cozimento.

A receita de Aline dura aproximadamente cinco dias se armazenado em um pote fechado. O cookie não precisa de refrigeração e pode ser consumido com chá verde com limão e morangos picados para ajudar ainda mais a acabar com a falta de concentração e diminuir a sensação de cansaço. Também é recomendado, segundo a nutricionista, por quem é alérgico, já que não leva leite, farinha ou ovo.

LEIA TAMBÉM:

Readers Comments (0)