Sem falsa modéstia, DJ Khaled brilha como nunca e admite curtir "grandiosidade"

23rd julho 2017   ·   0 Comentários

Com um álbum cravejado de nomes importantes como Beyoncé e Justin Bieber, DJ Khaled tem o toque de Midas na música e admite: “sou especial”

Para muitos o nome de DJ Khaled é novidade no cenário musical, mas enganam-se: o produtor já está há mais de uma década no mercado, mas foi somente no último ano que sua popularidade cresceu astronomicamente no último ano quando deixou as batidas do rap de lado para injetar uma veia mais pop em seu trabalho.

Seu mais recente álbum, “Grateful”, é a coroação que faltava para o DJ se consagrar no olimpo da música. Em entrevista à NME, cedida no Brasil, DJ Khaled comenta orgulhoso e decidido “eu nunca duvido de mim mesmo”.

DJ Kahled é o mais novo

DJ Kahled é o mais novo “todo poderoso” da indústria musical, produtor reconhece sua grandeza durante entrevista

Foto: Divulgação

O maior

“Se você conhece Khaled, então você sabe que ele representa grandeza”, ele mesmo afirma durante a conversa. Maior do que seu sucesso, somente sua autoestima. “Grateful” por si só já seria um trabalho representativo na indústria: talentoso, o produtor consegue unir universos musicais distintos e irmaná-los em um resultado único e marcante. Mas, além disso, o álbum se destaca pela longa lista de participações especiais que deixam qualquer um perplexo. Das 22 faixas, 18 tem a participações de outros artistas – e não são participações quaisquer somente para inflar a conta. Beyoncé, Jay-z, Justin Bieber, Rihanna e Nicki Minaj são apenas alguns (sim, alguns; no total são quase 30 participações) dos nomes que fizeram parte de “Grateful”. “As pessoas vão falar para sempre”, diz DJ Khaled.

Assumindo seu “toque de Midas”, o produtor continua: “quando trabalho com artistas, eu tento trazer a grandeza deles para fora. Eles já são grandes, mas eu quero o melhor… Estou no modo Quincy Jones”, assume o produtor.

Apesar do salto assombroso que sua carreira musical teve no último ano, DJ Khaled já era uma sensação nas redes sociais e coleciona milhões de fãs do mundo inteiro que o acompanham por elas. Enquanto para alguns a fama virtual seria ameaçadora, para ele é justamente o contrário. “Sou especial. […] Seja na minha música, ou em um livro, ou no Snapchat, será a melhor coisa. Fui abençoado em ser quem eu sou. Eu sou quem eu sou e as pessoas aceitam tudo isso”, diz. Para ele sua vida no Instagram e sua carreira como produtor são partes que se completam e juntas reafirmam sua grandeza.

DJ Khaled e Rihanna no clipe da parceria Wild Thoughts%3B gravações do produtor são cheias de ostentação e muito luxo

DJ Khaled e Rihanna no clipe da parceria Wild Thoughts, gravações do produtor são cheias de ostentação e muito luxo

Foto: Reprodução/Youtube

O estilo que esbanja nas redes sociais transparece em seus trabalhos e são quase uma assinatura pessoal de seus trabalhos. O clipe de “I’m The One”, com Justin Bieber, Quavo, Chance e Lil Wayne, é a verdadeira representação da personalidade do produtor. Muitas mulheres, muitas bebidas e uma mansão com jardins sem fim e uma luxuosa piscina são o cenário da festa do vídeo, mas Khaled admite que na vida real as coisas não passam muito longe, mas, dessa vez, se contenta com o segundo lugar na briga. “Puff Daddy é provavelmente a pessoa mais extravagante que sabe organizar uma festa, tirando eu”, diz à NME.

Mesmo muito seguro de si, DJ Khaled admite que é preciso saber sua posição e se curvar quando está frente à frente com uma verdadeira lenda da música. “Estou sempre abismado quando estou perto da Beyoncé”, assumiu o produtor e já emenda “Eu tenho muito respeito por ela, como mãe e como artista. Eu vi a ela e Jay-Z criarem sua linda filha enquanto estavam em turnê e ainda serem uma família. Sempre fico quieto e tímido, tento não dizer ou fazer muito ao redor dela porque ela é a chefe”.

LEIA TAMBÉM:

Readers Comments (0)